Weby shortcut
Facebook da UFG
Twitter da UFG
Instagram da UFG
Youtube TV UFG
Ícone Flickr da Política de Comunicação
Rádio Universitária
TV UFG
2º Seminário Política Comunicação

Jorge Duarte abre 2º Seminário de Comunicação Pública e Cidadania

Evento tem como objetivo subsidiar a construção da Política de Comunicação da Universidade Federal de Goiás

Texto: Camila Godoy

Fotos: Adriana Silva

No último ano, a comunidade acadêmica da UFG tem ouvido falar sobre a construção de sua Política de Comunicação. Mas, afinal, para que ela serve e como será sua prática? Com o objetivo de responder essas questões, problematizar o assunto e debater as nuances da área, nesta semana a Universidade está promovendo o II Seminário de Comunicação Pública e Cidadania. A abertura do evento ocorreu na manhã desta quarta-feira (23/11), no auditório da Faculdade de Informação e Comunicação, com um grande nome da área, o pesquisador Jorge Duarte. 

Para abrir o encontro, a coordenadora de Relações Públicas da Assessoria de Comunicação da UFG, Daiana Stasiak, apresentou o trabalho desenvolvido na Universidade. Segundo ela, a equipe à frente desse projeto tem dialogado com diferentes órgãos e unidades acadêmicas: "Acabamos de realizar onze encontros temáticos para discutir diferentes aspectos da comunicação da UFG, todos importantes para a construção da Política que norteará as atividades da área. Agora, retomamos o debate neste evento. Nossa proposta é produzir um material de forma coletiva".

Assim, com o intuito de trazer as experiências de quem já participou da construção de uma Política de Comunicação, a coordenadora apresentou o primeiro palestrante do evento, o pesquisador Jorge Duarte, responsável pelo setor de Comunicação em Ciência e Tecnologia da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Na ocasião, ele compartilhou os principais desafios superados e as conquistas da equipe de comunicação da Empresa, que foi a primeira do Brasil a ter um política nesse sentido.

II Seminário Comunicação Pública e Cidadania

O pesquisador Jorge Duarte compartilhou as experiências que marcaram a construção da Política de Comunicação da Embrapa

Segundo ele, até o início da década de 1990, a Embrapa não considerava a comunicação como um setor estratégico. Formada por 37 centros de pesquisas, todos autônomos, de acordo com Jorge Duarte, a empresa não se preocupava em divulgar suas pesquisas, tinha uma comunicação interna deficiente e profissionais da área despreparados. "A história começou a mudar quando surgiram boatos de que o governo poderia extinguir a Embrapa. Foi então que, em 1995, a gestão começou a rever sua forma de relacionamento com a sociedade e optou por fazer sua Política de Comunicação", explicou.

De lá para cá, o envolvimento da diretoria e o comprometimento dos profissionais da área foram fundamentais para o sucesso do projeto. O palestrante explicou que a política é um documento elaborado a partir de um diagnóstico organizacional e do debate interno, contemplando princípios, valores, diretrizes, procedimentos e ações estratégicas de comunicação que seguem o planejamento da própria organização. "Ela não diz o que fazer, não entra no operacional, apenas orienta. Precisamos entender que todo empregado faz comunicação. Os profissionais da área só coordenam tudo isso", defendeu.

Para colocar em prática o que elaboraram, Jorge Duarte explicou que todas as unidades da Embrapa passaram a ter profissionais de Comunicação, as ações do setor integraram indicadores de desempenho e a equipe também desenvolveu manuais operacionais e um programa de identidade visual, entre outros.

Tendo passado alguns anos, o palestrante acredita que a Embrapa alcançou seus objetivos: "É um trabalho contínuo, mas há a conscientização de dirigentes e empregados sobre a importância da comunicação, nossa imagem foi fortalecida, temos mais presença na imprensa e mais interação com os públicos. O trabalho é longo, porém hoje já somos uma referência internacional".

II Seminário Comunicação Pública e Cidadania

Evento foi realizado no auditório da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), com professores, servidores e estudantes

Fonte : Ascom UFG

Listar Todas Voltar